03dez
2016
0
sara

Sara Marques (ex-aluna)

“Sou dessas pessoas que pouco lembram da sua infância e invejo aquelas que conseguem resgatar coisas remotas de sua memória com uma facilidade impressionante. Penso que muitos acreditam que o fato de possuir lembranças limitadas e quase inexistentes sobre um período de sua vida faz com que o mesmo seja considerado desprezível e irrelevante – já vi e ouvi, aliás, incontáveis pessoas usarem esse argumento quando referem-se ao tempo em que eram crianças. Embora não me recorde de uma grande parte de acontecimentos, sei que sou diferente dessas pessoas. Não acho que minha infância foi algo sem importância, tampouco uma simples fase; muito pelo contrário, creio que foi (e sempre será) a mais amada de todas. Seu eu precisasse resumi-la em poucas palavras, elas seriam “Escolinha Balão Mágico”. Não há coisa que a descreva melhor do que essa simples escola, na qual vivenciei os momentos mais felizes da minha vida. Era ótimo poder ir para lá todo dia, fazer atividades inusitadas e divertidas, conhecer pessoas diferentes, aprender coisas novas, ver o mundo com outros olhos. O “Balão” nunca parou de me impressionar. Toda manhã/tarde era ansiosamente esperada pelo meu antigo eu e, ainda hoje, depois de 10 anos, sinto vontade de visita-lo diariamente somente para sentir aquela nostálgica sensação de felicidade. Aliás, nos últimos três anos, eu já visitei a escola três vezes, acompanhada com as mesmas pessoas que cresceram lá comigo (gostaria muito de agradecer à diretora Vivian que nos acolheu depois de 7 anos, como se apenas alguns dias haviam passado desde que nos formamos). Depois de tanto tempo ainda mantenho contato com as amizades que criei e cultivei no Balão Mágico, e me impressiono ao perceber o quão incomum isso é hoje em dia (outras pessoas ficam realmente boquiabertas quando sabem disso!). Para nós é tão natural, pois parece que nada mudou, assim como o sentimento que sentimos pelo nosso eterno Balão. A Escolinha Balão Mágico não foi sói uma “fase passageira” da minha vida. Foi muito mais do que uma simples lembrança ou época. Hoje ela faz parte da minha história e da minha identidade, e será recordada por mim para sempre.”

Outros depoimentos

  • Nicole Spillere Soares (ex-aluna)Nicole Spillere Soares (ex-aluna)“O Balão foi muito mais do que uma escolinha para mim, onde, através de brincadeiras e histórias, eu pude crescer, aprendendo desde letras, números e boas atitudes. Nunca vou me esquecer […]
  • Alexia de Carvalho (ex-aluna)Alexia de Carvalho (ex-aluna)“Até hoje, 16 anos depois que estudei no Balão Mágico, quando passo pela escola, que marcou minha vida, dou um suspiro de saudade. Aprendi muito além de conteúdos didáticos. Aprendi a ser […]
  • Halina Nascimento Ferreira (ex-aluna)Halina Nascimento Ferreira (ex-aluna)“Falar sobre o Balão Mágico é falar sobre a fase mais gostosa de minha vida: a infância. Lá, vivi os momentos mais especiais desse período, marcado pelas brincadeiras no gramado verde e no […]
  • Lissandra Milanez (ex-aluna)Lissandra Milanez (ex-aluna)“A Escolinha Balão Mágico foi muito importante na minha vida, pois me proporcionou um momento de muitas descobertas, aprendi com meus colegas a conviver em grupo e dividir novas […]
  • Joana Just Vogel (ex-aluna)Joana Just Vogel (ex-aluna)“Quem teve a oportunidade de estudar no Balão Mágico com certeza traz consigo inúmeros valores que ali são ensinados de uma maneira divertida. Foi nessa escolinha que fiz grandes amizades, […]
  • Leonardo Rothlisberger (ex-aluno)Leonardo Rothlisberger (ex-aluno)“O Balão Mágico tem muita importância pra mim, já que foi a primeira escolinha que frequentei. Fiz as primeiras amizades lá, criando vínculos com pessoas com as quais ainda convivo e chamo […]
  • Carolina Crepaldi (ex-aluna)Carolina Crepaldi (ex-aluna)“A Escolinha Balão Mágico me ofereceu uma das melhores fases da minha vida! Foi lá onde aprendi valores muito importantes e conheci minhas amigas que fazem parte de minha vida até hoje! […]
  • Alexandre Triches (ex-aluno)Alexandre Triches (ex-aluno)“Quando crescemos, uma das coisas que fazemos quando encontramos amigos de infância é lembrar do passado, de como a gente era quando éramos crianças, de como nos conhecemos e da amizade […]
  • Monique Rosso Lima (ex-aluna)Monique Rosso Lima (ex-aluna)“Entrei no Balão Mágico com um ano e quatro meses e fiquei até completar cinco anos. Durante todo esse tempo, aprendi muito, tive experiências maravilhosas e fiz amizades que estão comigo […]
  • MAYARA CARDOSO (ex-aluna)MAYARA CARDOSO (ex-aluna)“Se hoje tenho amigos de infância e posso me considerar uma pessoa de boa educação e espírito coletivo, com certeza boa parte dos méritos são das experiências que vivi no Balão. Além dos […]
  • Érika Vitche Piacenttini Cesa (mãe e ex-aluna)Érika Vitche Piacenttini Cesa (mãe e ex-aluna)“Sempre costumo comparar o ser humano a uma árvore, que começa desde uma sementinha e ela vai crescendo, vai criando suas folhas, temos que regar, podar, temos que ter todo um cuidado com […]
  • Amanda Soratto Citadin (ex-aluna)Amanda Soratto Citadin (ex-aluna)“Além da índole de uma pessoa, acredito que seu comportamento no futuro é construído com base na educação, através da presença importante da escola e da família. Durante minha infância, […]
  • Eliza Da Silva Dos Santos (ex-aluna)Eliza Da Silva Dos Santos (ex-aluna)“Lembrar “Balão Mágico” pra mim é lembrar de: diversão, carinho, aprendizado. Desde pequena, estudei no Balão Mágico e de lá lembro de ter aula pequenina com a tia Paula, tia Mari, tia […]

Nenhum Comentário